O Ministro Incitatus

Não me surpreendem o kit”Gayzismo sem mestre”,  nem a “Gramática do Oprimido”, tampouco“A Nova Aritmética”, estas iniciativas do Ministério da Educação são em tudo coerentes com o Ministro,  reputado como o pior da história da pasta. Certo que este ministério tem sido um desfile de mediocridades (o nível educacional da massa o demonstrando sem necessidade de adjetivação) , mas o atual se destaca, esforçando –se para superar os antecessores em nulidade e produção de malogros: o Enem desmoralizado (na UFMG é a Primeira Etapa do  vestibular),  livros didáticos que zelam para que as crianças não adquiram qualquer conhecimento, o nivelamento por baixo cristalizado como política de governo .

Alguém que elabora comparações entre Hitler e Stalin (se mostrando comovido na preferencia ao Guia Genial dos Povos, pois este antes de ordenar massacres, lia,  ao contrario de Hitler, que segundo seu douto entender, não lia) para se justificar e justificar o material “didático” que distorce ideia sobre “preconceito linguístico” (que tem fundamento se depurada do populismo que a vicia) e que não considera grave que livros ensinem  10-7=4,  ou que incentive distribuição de apostilas aparentemente destinadas  a formar “cidadãos gays” para crianças  (demonstrando desprezo por pais que recusem a oferta,  ironizando lideranças religiosas que ousam reagir à catequese da “diversidade “),  não me surpreende, não mesmo .

Não há como ser pego desprevenido quando se observa o semblante que dissimula qualquer sinal de inteligência, a ponto de observadores apressados suporem não haver mesmo qualquer inteligência,  as frases esqueléticas de linguagem, os esboços de raciocínio que abortam antes de chegar à boca, o insulto aos que valorizam o aprendizado (e o consideram indissociável da ideia de civilização) expresso em propostas de extermínio da meritocracia (apresentada como ideologia da Direita) , tão próprios da figura ministerial.

As salas de aula nas Universidades  repletas de alunos ( alunos estes que lecionam tendo dificuldade na leitura em sala de aula, pobres de seus alunos nas escolas municipais) que obtiveram ingresso não por conhecimento, mas pela determinação do Governo em “corrigir injustiças”, não através de escolas dignas do nome, mas pelo recurso de abaixar o nível de exigência,  são  para o Ministro, confirmações do que ele e seu partido defendem há anos. Acreditam sinceramente no que perpetram, e aplaudidos por membros do estamento universitário e por alunos dispostos a tudo para dele fazer parte,  insensíveis à sabotagem de gerações inteiras, ao infortúnio da gente que lograda desde sempre, o é agora no seu ideal de evoluir intelectualmente .

Quando Augusto Nunes comentou a comparação ministerial entre Hitler e Stalin e qualificou o Ministro como “stalinista farofeiro” enviei comentário protestando –  Nunes estava abusando de comiseração ao elevar artificialmente o status ideológico de alguém que aparenta saber de Stalin somente o constante em almanaques para vestibulandos – disse a Nunes que para stalinista o ilustre Ministro precisava de muita mão de obra, coisa para varias encarnações, que Nunes não exagerasse na ironia para quem aparenta conhecer sobre Hitler apenas o que series de TV exibem . É algo mais assustador em seu primarismo, em seu elogio da burrice.

O trabalho de destruir para moldar à sua imagem e semelhança  é algo que é obsessão das gerações que dominam as Universidades  há décadas  (o ultimo artigo de Olavo de Carvalho “Uma geração de predadores”o diz melhor que eu) e o estrago  que legarão será melhor observado quando o Brasil houver cumprido sua descida final à condição de colônia da Venezuela.

Quando isto se materializar,  as pegadas do Incitatus terão desenhado a trajetória.

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s