“Notas”-22/12/2016

Notas de antevéspera de Natal

Sobre nova apresentação gráfica dos colunistas “Veja.com”

Quem se incomoda com os anúncios “pulando na cara” quando se abre a página de qualquer colunista da página “Veja.com” sabe que este efeito visual desagradável é preço a se pagar para se ler o conteúdo, e que a imprensa eletrônica precisa se pagar. Alguns comentaristas se queixavam no início, mas hoje se aceita como parte do trato. Lembretes da realidade.

Depois, mudou-se o campo de comentários na mudança maior do layout que contemplava os leitores que acessavam a página por celulares. Esta mudança já foi mais difícil de assimilar, pois as discussões entre comentaristas (um dos atrativos das colunas) sofria com a disposição dos comentários por páginas no lugar da tela corrida (não me expresso com os termos técnicos, sou leigo em design), e lembro do colunista Augusto Nunes informar a um leitor insatisfeito não ser ele o responsável pelo desenho da página. Decisões que escapam ao titular da página foram impostas ao leitor que acabou tendo que se acostumar.

Leitores merecem total carinho, pois não são funcionários da empresa; o desprezo cobra caro. Eu, para dar exemplo pessoal, devo estar na quinta ou sexta apresentação gráfica do blog. Sempre procurei, dentre as opções gratuitas oferecidas pelo wordpress.com, as que fossem bonitas e não exigissem muito do leitor. Custei a acertar. Uma, muito bonita, com letras grandes, tinha o inconveniente (além do fato de eu ter que entrar sempre pela página do wordpress.com, pois não podia fazer login pelo blog) de não oferecer ao leitor o arquivo do blog. Tive que trocar, outra também bonita, tinha letras que exigiam do leitor lupa para visualizá-las. A apresentação atual do blog escolhi pela combinação do tamanho das letras com a disponibilidade do arquivo; o charme das imagens que mudam a cada acesso só percebi após a escolha do modelo. Um presente a mais para o leitor.

O leitor é patrão nestes assuntos de aparência da página.

Semana passada, se não estou enganado, leitor de Augusto Nunes pediu que sua coluna não adotasse o mesmo visual do blog do Reinaldo Azevedo (página geral com títulos apenas, o conteúdo possível de ser acessado pelos títulos-links) e o jornalista respondeu o mesmo que respondeu na vez anterior: tais mudanças independem da vontade dos jornalistas. Nesta última semana mudança que atingiu ao blog de Reinaldo Azevedo foi imposta ao todos os blogs e colunas do site, coluna de Augusto Nunes inclusive.

Bom, desfiguraram a coluna dele, simples.

Os painéis com enquetes, as seções dispostas como página de um almanaque, onde o talento de editor consagrado de AN brilhava; a coluna, enfim,  sofreu total deformação.

Talvez alguns leitores deste blog desconheçam o que significa um profissional como Augusto Nunes, o AN. Cláudio Abramo observava que redação e edição eram ofícios distintos em uma publicação; exigir que um jornalista dominasse as duas modalidades seria, pois, injustiça. Alguns, apenas alguns, conseguiriam produzir bons textos e encontrar soluções de espaço e disposição (além da seleção) dos textos. Abramo sabia do que falava, mestre nas duas funções.

Elio Gaspari, Mario Sergio Conti são outros dois grandes editores e redatores. Ricardo Setti  (imagino sua página, sempre com belas imagens e seções variadas sofrendo a atual mutilação e agradeço por ele ter saído, embora sinta falta de sua coluna) outro talento nas duas operações (de entrada e saída, como as categorizava Abramo). AN é membro, e dos mais celebrados, deste clube; dirigiu algumas redações, e nelas imprimiu a inventividade que sempre se conheceu nos textos.

Sua coluna era uma delícia nas suas gavetas decoradas com fotos sempre muito bem escolhidas. Natural que a modificação seja vista como uma violência contra seus admiradores.

Qual a causa da última mudança eu desconheço. Custaria quanto mais criar determinado desenho para acesso em aplicativos e manter o formato que se acessa por computador “fixo”? O leitor não merece este carinho? Leitores que se dispõem a comentar na página (trabalhando de graça para a empresa, no fim das contas) não merecem ter as queixas quanto ao formato levadas em consideração?

Não sei quem decide isso, se os acionistas, se algum profissional contratado; os leitores se queixam, e vão desertando da caixa de comentários.

E estes “chatos” que “só se queixam, só se queixam” acabarão desertando do acesso à página.

Sobre Silas Malafaia

Simpatizantes do PT (e do “Pós-PT”) compartilharam a mesa do banquete onde celebravam a condução à polícia de Silas Malafaia, ainda que celebrassem algo por confirmar.

Se não acreditam que o cheque recebido pelo pastor foi uma doação apenas, também não podem provar (pelo menos ainda) que foi lavagem de dinheiro.

E sabem quem se fortalece com acusações por confirmar? Sabem qual setor se fortalece com o que acaba parecendo perseguição?

Combate político não é para amadores, apressados em soltar foguetes.

Os votos do dia 22

Há quem tome a comemoração natalina como tolice e aproveite somente a ceia e a reunião com família e /ou amigos. Direito de cada um.

Apenas espero que mesmo os que não dedicam seus pensamentos ao aniversariante tentem alguma reflexão sobre valores, algo acima do mero saciar de apetites da mesa.

Quem, mesmo ateu ou agnóstico, elevar a mente, colherá da data mais que comilança e troca de presentes. Melhor que quem aproveita data, declarando-se cristão, para ouvir uma vez mais algum “funk” obsceno no volume máximo. Ou “axé”, ou “pagode”, ou “sertanejo”.

Quem mesmo ateu ou agnóstico se interioriza estará melhor que quem troca socos com a TV sintonizada na Missa do Galo.

Que bebam e comam felizes com os seus, são os votos do Pawwlow.

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s