“Notas”-03/03/2017

“Que o PT então agradeça…”

Na última eleição para Prefeito, o grupo do PSDB ergueu sua “tucanolândia” na Pça.Sete, próxima ao Cine Brasil. Do outro lado da avenida Afonso Pena, na mesma Pça.Sete (para quem não conhece Belo Horizonte: Pça.Sete é o conjunto de quatro quarteirões fechados divididos entre as duas margens das avenidas Amazonas e Afonso Pena), havia o “espaço do PT”- e de fato, ali sempre foi um espaço onde o PT esteve presente.

Passadas as eleições, apenas o PT permaneceu com seu ponto de encontro e manifestações. Militantes e simpatizantes estão lá quase todos os dias, alguns destes dias com barraquinhas.

Quem expulsou o PSDB de sua “tucanolândia” (nem sei se o espaço foi chamado assim)? Quem impede o PSDB (ou qualquer outro partido, grupo, ou movimento) de ocupar um dos quatro pontos da Pça Sete?

Não sei.

Não sei se houve algum impedimento. Aposto mesmo no costume de outras siglas e agrupamentos reunirem-se apenas em períodos eleitorais.

Petista não é assim; batizados e velórios de amigos e parentes também são ocasiões propícias ao encontro de militantes. Nunca descansam e nunca dão descanso. Este o segredo.

E os tambores anunciam para muito próximo o retorno do PT ao Poder. E colunistas e órgãos de Imprensa providenciam responsáveis para esta probabilidade. Alguém falhou.

Alguns culpam o governo de Michel Temer por este abrigar de investigados na Lava-Jato, enquanto outros por ser governo que não disse a que veio. Os números da reprovação popular ao Governo impressionam; eloquentes e ameaçadores.

Estou entre os que acreditam que se a pressão do processo de impeachment tivesse prolongamento temporal maior e Dilma Rousseff chegasse ao final do seu mandato – sob vigilância da Oposição (o que faria que os estragos do seu “governo” fossem ao menos minimizados, ou estancados), o que se veria para 2018 seria tudo menos possibilidade de vitória do PT. O mandato preservado, com a Oposição e a Imprensa cumprindo com seus deveres (no lugar de apostarem todas as fichas no impeachment), teria o bônus da desmoralização completa do PT e a garantia de que a ebulição popular se mantivesse constante até as eleições.

Mas a Imprensa vendeu o impeachment como o único remédio possível e a ebulição popular esgotou-se num pós-coito precoce. A excitação foi sucedida por prostração, e desta prostração ressurge o sentimento de que o impeachment foi um equívoco. Ora, impeachment sendo tomado por equívoco, o PT cresce por lógica simples, não?

E o PT forte contra adversários divididos e fracos pode já providenciar o banquete.

Que o PT agradeça então aos que precipitaram os acontecimentos e que desperdiçaram interesse por política por parte da massa inédito na História do Brasil.

Reinaldo Azevedo assegura, no entanto – dia depois de dia, post depois de  post, em seu blog na “Veja” e em seu programa na “Jovem Pan”- que o PT deverá agradecer aos que criticam Michel Temer e que celebram a “criminalização da classe política”. Celebrar delações da Lava-Jato e promover manifestações (manifestações que eu, Pawwlow, considero inócuas) seriam, segundo Azevedo, ações que ajudariam apenas o PT.
Os recuos de Michel Temer, aplaudidos por RA  (como ele recomenda, “consultem o arquivo do blog”),  não teriam sido mais proveitosos ao PT?

 

Lembro do recuo no episódio do Ministério da Cultura. Temer havia anunciado o fim do Ministério, houve ocupações e todo o circo, e Temer recuou. Quem escreveu texto louvando a sabedoria do Presidente em evitar confrontos?

De que serviu aquele recuo, hein? Que trégua Temer teve depois daquilo? Qual o proveito político daquela exibição de fraqueza?

E episódios similares se avolumaram desde então com resultados também similares e que levaram ao esgotamento da autoridade presidencial.

Penso que é neste endereço que o PT deverá entregar o primeiro convite para o baile da sua posse, com Lula “ou quem Lula indicar” (como escreve o Paulo Henrique Amorim).

A Imprensa que vendeu o Impeachment como alternativa a uma pressão política constante e de desmoralização mortal merece esta honra.

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s